Arquivo da categoria ‘Boas-vindas’

Bem-vindo ao Investileigo

Publicado: quarta-feira, 01 \01\UTC setembro \01\UTC 2010 em Boas-vindas

Aviso: este não é um site para investidores leigos, mas sim o blog DE um. Não use nada daqui como sugestão ou modelo de investimento! Feito o aviso…

Seja muito bem-vindo ao Investileigo!

Para os menos atentos, o nome Investileigo vem justamente da justaposição de investidor com leigo (na verdade uma aglutinação, já que uma das palavras perdeu sua integridade, mas como estilisticamente justaposição não combinava com justamente…) E é disso que se trata este blog: o relato, em real-time, das aventuras e desventuras de um investidor completamente leigo no mercado de ações.

Quando digo relato em tempo-real (real-time) afirmo que não é ficção, nem história ou biografia, mas sim o dia-a-dia da tentativa de um zé ninguém, partindo do zero, alcançar seus objetivos patrimoniais e financeiros. Colocarei em destaque estes objetivos (não sei ainda como, nem em que parte do blog) para você se deleitar comparando os objetivos almejados com os atingidos, ou com tempo levado para atingi-los, ou ainda com a disparidade entre o que eu quero e o que posso, e principalmente com a imensa volatilidade desses meus quereres.

O fim deste blog não é meramente voiyerístico ou exibicionista (nem sei ainda se terei algo do que me gabar para me exibir), mas servirá também como ferramenta para analisar sucessos e derrotas, encontrar padrões de acerto e erro, registrar fontes de informações e recursos interessantes, etc. Porém, estes objetivos são meus, individuais, já para você, leitor, acredito que o principal objetivo será dar risadas com minhas desventuras (ainda mais se vossa senhoria se tratar de um experiente especulador, ou grande investidor), talvez até comemorar meus sucessos, ou simplesmente compartilhar um pouco da emoção pela qual estarei passando (note que isto não é gerundismo) colocando meu dinheiro em jogo (não literalmente, pois investir não é sinônimo de jogar… acredito eu) no mercado financeiro.

Além das idas e vindas de meus investimentos, documentarei precisamente meu processo de aprendizado, além das ideias que me vierem na cabeça sobre como, quando, porque comprar ou vender uma ação, entre outros detalhes. Acredito que com o tempo isto dará uma ideia de como funciona ou funcionava meu processo de raciocínio, em relação à análise de mercado, num determinado momento, ou historicamente. Isto pode vir a ser importante no futuro, mas o quanto eu não faço ideia.

Claro, se eu ficar milionário este blog poderá virar matéria de estudo para economistas (ou psicólogos e psiquiatras), um livro, peça de teatro, quiça filme estrelado por Tony Ramos (como sempre pegando qualquer atriz do momento, novinha e muito bonita)!